O Papel da Revista Fitos na Inovação em Medicamentos da Biodiversidade

Rosane de Albuquerque dos S. Abreu

DOI: http://dx.doi.org/10.17648/2446-4775.2018.587

Resumo


O objetivo desta comunicação breve é apresentar a construção do papel da Revista Fitos Eletrônica na inovação em medicamentos da biodiversidade. Registra-se, que a principal mudança ocorrida no periódico foi a migração para a modalidade eletrônica, em agosto de 2014, decisão tomada em função do contexto contemporâneo da publicação científica. O interesse pela ciência produzida, não apenas nos bancos acadêmicos, mas também em empresas, organizações sociais, organizações profissionais, entre outros, embasa a divulgação do conhecimento multidisciplinar relacionado à cadeia de desenvolvimento de medicamentos da diversidade vegetal, ressaltando o periódico como instrumento de comunicação científica sobre plantas medicinais. Neste trabalho, apresentam-se os resultados na melhoria da qualidade e na ampliação da visibilidade, essenciais para o periódico assumir seu papel na comunicação científica, apoiando a inovação. Entre 2014 e 2016, mostra-se o crescimento do acesso online e de visualização da página e também foram identificadas as localidades de acesso mundial. A Revista Fitos, depois de eletrônica, foi acessada por diversos países, o que indica alcance internacional do periódico. Com isso, é preciso atuar política e academicamente para que a ciência brasileira possa assumir o papel estratégico do desenvolvimento tecnológico, impulsionando a inovação, especialmente no campo dos medicamentos de origem vegetal.


Palavras-chave


Revista Fitos Eletrônica. Comunicação científica. Conhecimento. Inovação. Medicamentos. Biodiversidade

Texto completo:

PDF HTML

Referências


Referências Bibliográficas

CASTELLS, M. A Sociedade em Rede. A era da informação: economia, sociedade e cultura volume I , São Paulo, Editora Paz e Terra, 1999, ISBN 9789723114119

GIBBS, W.W, Lost Science in the Third World, Scientific American. Nº 273, 1995

GUILHERMINO, J.F.; BOMTEMPO, J.V. e QUENTAL, C. Sistema de Inovação em Fitomedicamentos: os Desafios da Gestão para o Desenvolvimento de Fitomedicamentos a partir da Biodiversidade Brasileira. Revista Fitos, Farmanguinhos/Fiocruz, Rio de Janeiro, v. 7, n. 03, p.169, 2012. e-ISSN: 2446-4775

LASTRES, H e ALBAGLI, S Informação e globalização na era do conhecimento, 1999, Editora Campus Ltda. Rio de Janeiro, ISBN 85-352-0489-X

LUNDVALL, BENGT-AKE - Políticas de Inovação na Economia do Aprendizado, Revista Parcerias Estratégicas – Nº 10, março de 2001, ISSN 14139395 http://www.cgee.org.br/parcerias/p10.php, acessada em 17/11/2016

SIANI, A.C. Editorial, Revista Fitos, Vol 1 – Número 01, 2005, IPDFARMA / ALANAC, Rio de Janeiro ISSN 1808-9569

SIANI, A. C. Projeto Revista Fitos: editoração de uma revista na área de pesquisa, desenvolvimento e inovação em medicamentos da biodiversidade. Núcleo de Gestão em Biodiversidade e Saúde, Documento Impresso, Farmanguinhos/Fiocruz, 2011

VALÉRIO, P.M.C.M. Periódicos científicos eletrônicos e novas perspectivas de comunicação e divulgação para a ciência. Tese apresentada ao programa de Pós-graduação em Ciências da Informação, convênio UFRJ/ECO e CNPq/IBICT, para obtenção de título de doutor, Rio de Janeiro, 2005. http://ridi.ibict.br/handle/123456789/687

Villas Bôas, G.K.V. Inovação em medicamentos da biodiversidade: uma adaptação necessária (ou útil) nas políticas públicas. Tese apresentada para a obtenção de título de Doutor em Ciências na área da Saúde Pública, Rio de Janeiro: ENSP/Fiocruz, 2013.

http://revistafitos.far.fiocruz.br

http://periodicos.fiocruz.br

http://bvsfiocruz.fiocruz.br/


Apontamentos

  • Não há apontamentos.