e-ISSN: 2446-4775 | ISSN: 1808-9569

Contribuindo para o conhecimento científico sobre Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação em biodiversidade e saúde.

Capa Revista Fitos

Seja um assinante Fitos

Assine a Revista Fitos e receba os lançamentos em seu email.

Assinar

  • Resumo

    O presente artigo trata-se de uma reflexão sobre a experiência de participação em um subprojeto da UNEB – Universidade do Estado da Bahia, com uma proposta interdisciplinar: educação ambiental agroecológica, literatura infanto-juvenil e tecnologias na escola. Todas as atividades foram realizadas em parceria com alunos dos cursos de Biologia, Letras e Pedagogia da respectiva universidade na escola pública municipal. As reflexões tratam do ponto de vista do professor da escola sob os aspectos: o tema educação ambiental agroecológica como conteúdo nas aulas de linguagens, como uma proposta lúdica em literatura e como atividades práticas nas aulas de horticultura e jardinagem. Trata-se pois, de um estudo descritivo reflexivo sobre essa experiência.

    Artigo

    Texto completo

    PDF
    HTML

    Palavras-chave

    interdisciplinaridade
    educação ambiental
    literatura
  • Referências

    ALVES, Rubem. A horta. In: quarto do mistério: Papirus, 1995. Disponível em:

    http://jardimambiental.blogspot.com.br/p/uma-horta-e-uma-festa-para-os-cinco.html

    COELHO, Nelly Novaes; SANTANA, Juliana S. Loyola. A Educação ambiental na literatura infanto-juvenil como formadora consciência de mundo. IN:

    CURRIE, K.L. Meio ambiente: interdisciplinaridade na prática. Campinas: Papirus, 2006

    FIGUEIRA, J. A.; CAMPOS, M.J.O.; SANTANA, J.L. O livro infantil como instrumento para a educação ambiental: leitura e análise. In EPEA 2001 Revista Educação: Teoria e Prática. Rio Claro: UNESP – Instituto de Biociências, Volume 9, número 16, 2001. Disponível em: www.epea.tmp.br/epea2001_anais/pdfs/plenary/tr09.pdf

    LAYRARGUES, P.P. Crise ambiental e suas implicações na educação, 2002..

    LOUREIRO, C.F.B. Educação Ambiental Transformadora. In: Layrargues, P. P. (Coord.) Identidades da Educação Ambiental Brasileira. Brasília: Ministério do Meio Ambiente, 2004. Disponível em:

    http://www.mma.gov.br/educacao-ambiental/politica-de-educacao-ambiental

    REIGOTA, M. O que é educação ambiental. São Paulo: Brasiliense, 1994.

    SATO, M. Educação ambiental. São Paulo: Rima, 2003.

  • Histórico do artigo

    • Data de submissão:
    • Data de publicação:
  • Licença


    1. DIREITOS CEDIDOS - A cessão total não exclusiva, permanente e irrevogável dos direitos autorais patrimoniais não comerciais de utilização de que trata este documento inclui, exemplificativamente, os direitos de disponibilização e comunicação pública da OBRA, em qualquer meio ou veículo, inclusive em Repositórios Digitais, bem como os direitos de reprodução, exibição, execução, declamação, recitação, exposição, arquivamento, inclusão em banco de dados, preservação, difusão, distribuição, divulgação, empréstimo, tradução, dublagem, legendagem, inclusão em novas obras ou coletâneas, reutilização, edição, produção de material didático e cursos ou qualquer forma de utilização não comercial.

    2. AUTORIZAÇÃO A TERCEIROS - A cessão aqui especificada concede à FIOCRUZ - FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ o direito de autorizar qualquer pessoa – física ou jurídica, pública ou privada, nacional ou estrangeira – a acessar e utilizar amplamente a OBRA, sem exclusividade, para quaisquer finalidades não comerciais, nos termos deste instrumento.

    3. USOS NÃO COMERCIAIS - Usos não comerciais são aqueles em que a OBRA é disponibilizada gratuitamente, sem cobrança ao usuário e sem intuito de lucro direto por parte daquele que a disponibiliza e utiliza.

    4. NÃO EXCLUSIVIDADE - A não exclusividade dos direitos cedidos significa que tanto o AUTOR como a FIOCRUZ - FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ ou seus autorizados poderão exercê-los individualmente de forma independente de autorização ou comunicação, prévia ou futura.

    5. DIREITOS RESERVADOS - São reservados exclusivamente ao(s) AUTOR(es) os direitos morais sobre as obras de sua autoria e/ou titularidade, sendo os terceiros usuários responsáveis pela atribuição de autoria e manutenção da integridade da OBRA em qualquer utilização. Ficam reservados exclusivamente ao(s) AUTOR(es) e/ou TITULAR(es) os usos comerciais da OBRA incluída no âmbito deste instrumento.

    6. AUTORIA E TITULARIDADE - O AUTOR declara ainda que a obra é criação original própria e inédita, responsabilizando-se integralmente pelo conteúdo e outros elementos que fazem parte da OBRA, inclusive os direitos de voz e imagem vinculados à OBRA, obrigando-se a indenizar terceiros por danos, bem como indenizar e ressarcir a FIOCRUZ - FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ de eventuais despesas que vierem a suportar, em razão de qualquer ofensa a direitos autorais ou direitos de voz ou imagem, principalmente no que diz respeito a plágio e violações de direitos.

    7. GRATUIDADE - A cessão e autorização dos direitos indicados e estabelecidos neste Instrumento será gratuita, não sendo devida qualquer remuneração, a qualquer título, ao autor e/ou titular, a qualquer tempo.

Feedback