Atividade anti-inflamatória de produtos naturais em Odontologia: uma revisão sistemática

Machado, A C;
de Freitas, A;
Sales-Peres, , S. H. d. C.

Alessandra Cury Machado

Departamento de Saúde Coletiva - FOB-USP-Faculdade de Odontologia de Bauru,Universidade de São Paulo, Rua: Alameda Otávio Pinheiro Brizola 9-75, 17014-460, Bauru-SP, Brasil.

Departamento de Odontopediatria, Ortodontia e Saúde Coletiva Área: Saúde Coletiva

Adriana de Freitas

Departamento de Saúde Coletiva - FOB-USP-Faculdade de Odontologia de Bauru,Universidade de São Paulo, Rua: Alameda Otávio Pinheiro Brizola 9-75, 17014-460, Bauru-SP, Brasil.

Departamento de Odontopediatria, Ortodontia e Saúde Coletiva Área: Saúde Coletiva

Silvia Helena de Carvalho Sales-Peres

Departamento de Saúde Coletiva - FOB-USP-Faculdade de Odontologia de Bauru,Universidade de São Paulo, Rua: Alameda Otávio Pinheiro Brizola 9-75, 17014-460, Bauru-SP, Brasil.

Departamento de Odontopediatria, Ortodontia e Saúde Coletiva Área: Saúde Coletiva


Palavras-chave

Cárie dental. Plantas medicinais. Própolis. Perda do osso alveolar

Resumo

O objetivo deste estudo foi selecionar artigos de dois produtos naturais própolis e Aroeira (Myracrodruon urundeuva), que apresentassem ação anti-inflamatória na odontologia. Acessou-se a base de dados PubMed, entre os meses de Abril a Agosto de 2015. Os descritores utilizados nas buscas foram “Anti-Inflammatory AND Propolis” AND “Anti-Inflammatory AND M. urundeuva”, não sendo estabelecidos limites quanto ao idioma, tipo ou ano de publicação dos artigos, porém foram selecionados apenas os estudos com aplicação de produtos naturais pesquisados com atividade anti-inflamatória na Odontologia. Foram obtidos 207 artigos, e após análise minuciosa realizada por dois avaliadores, 193 foram excluídos, 154 não estavam adequados ao tema, 35 correspondentes a revisões e 4 não foram encontrados na versão completa. Ao final, foram incluídos 14 artigos, da Própolis (n=12) e da M urundeuva (n=02). Tanto a própolis quanto aroeira apresentou atividade anti-inflamatória eficaz na Odontologia. A própolis atuou sobre micro-organismos ligados à cárie, nas infecções endodônticas prevenindo edemas, aliviando complicações relacionadas às próteses, como mucosite. A própolis apresenta efeito benéfico contra cárie dental, tratamento endodôntico e mucosite. Já a aroeira do sertão atua prevenindo a progressão da periodontite. Futuros estudos deverão ser conduzidos, envolvendo seus compostos e mecanismos de ação na inflamação.

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.