Efeito alelopático de extratos de Crotalaria e Milheto em sementes de tomate

Arruda, A G M d;
Silva, , V. N.

Aline Glecia Moreira de Arruda

Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Campus Chapecó. Rodovia SC 459 km 02, Fronteira Sul, CEP 89802-112, Chapecó, SC, Brasil.

https://orcid.org/0000-0002-4983-2663

Acadêmica do curso de Bacharelado em Agronomia, Universidade Federal da Fronteira Sul, campus Chapecó.

Vanessa Neumann Silva

Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Campus Chapecó. Rodovia SC 459 km 02, Fronteira Sul, CEP 89802-112, Chapecó, SC, Brasil.

https://orcid.org/0000-0002-5046-0545

Possui curso Técnico em Agroindústria pelo Conjunto Agrotécnico Visconde da Graça-CAVG (2002), graduação em Agronomia (UFPel-2007), mestrado em Ciência e Tecnologia de Sementes (UFPel-2009) e doutorado em Fitotecnia pela Universidade de São Paulo (USP-2012) com período sanduíche na Ohio State University (Estados Unidos da América). Atuou como Visiting Scholar na Ohio State University, no Departamento de Horticultura e Produção Vegetal e no Centro de Germoplasma de Plantas Ornamentais-OPGC, conduzindo pesquisas com fisiologia de sementes de hortaliças e flores. Atuou como professora temporária, de 2012 a 2014 e professora adjunta de 2014 a 2016 na Universidade Federal do Pampa, campus Itaqui, nos cursos de Graduação em Agronomia, Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia e Especialização em Produção Vegetal. Desde março de 2016 é Professora Adjunta na Universidade Federal da Fronteira Sul, Campus Chapecó. Atua nos cursos de Agronomia e de pós-graduação Especialização em Produção Vegetal; é atualmente coordenadora do curso de Especialização em Produção Vegetal do campus Chapecó; membro do grupo de pesquisa Agroecossistemas Sustentáveis, trabalhando com enfoque em Fisiologia de Sementes e Olericultura. Contato: vanessa.neumann@uffs.edu.br


Palavras-chave

Allelopathy
Germination
Crotalaria breviflora
Penninsetum americanum
Solanum lycopersicum
Alelopatia
Germinação
Crotalaria breviflora
Penninsetum americanum
Solanum lycopersicum

Resumo

O objetivo desse trabalho foi avaliar os efeitos de extratos produzidos com diferentes partes de Crotalaria e Milheto em diferentes concentrações, na germinação e crescimento de plântulas de tomate. Para elaboração dos extratos foram utilizadas: raízes, folhas e inflorescências, separadamente. As concentrações utilizadas foram: 0, 25, 50 e 100%. As variáveis analisadas foram: germinação (porcentagem e índice de velocidade), comprimento e massa seca de plântulas (raízes e parte aérea). Os resultados foram submetidos a análises de variância, comparação de médias, e de regressão. Os extratos de Crotalaria e Milheto, separadamente, exercem efeitos alelopáticos em sementes de tomate. Extratos de raízes e de folhas de Crotalaria reduzem a germinação e a massa seca de parte aérea de plântulas de tomate, respectivamente. Não há diferença em relação aos efeitos gerados por extratos de plantas de Milheto elaborados a partir de raízes, folhas ou inflorescências para as variáveis: germinação, comprimento de raízes, e massa seca de plântulas. Há relação direta entre o aumento da concentração dos extratos, independentemente da parte da planta utilizada, e a redução da germinação e do crescimento de plântulas (Extrato de Crotalaria) e do índice de velocidade de germinação e do crescimento de plântulas (Extrato de milheto) de tomate.


Referências

  1. Madeira NR, Lima CEP, Castro e Melo RA, Fontenelle MR, Silva J, Michereff Filho M et al. Cultivo do tomateiro em Sistema de Plantio Direto de Hortaliças (SPDH). Brasília: Embrapa. Circular técnica número 168. 2019. 30p. Disponível em: [https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/201211/1/CT-168-22-08-2019-1.pdf].
  2. Skinner EM, Diaz-Peres JC, Phatak SC, Schomberg HH, Vencill W. Allelopathic effects of sunn hemp (Crotalaria juncea L.) on germination of vegetables and weeds. HortScience. 2012; 47(1): 138-142. [https://doi.org/10.21273/HORTSCI.47.1.138].
  3. Radouane L, Rhim T. Allelopathic interaction of pepper (Capsicum annuum) and pearl millet (Pennisetum glaucum) intercropped. Int J Environ. 2014; 3(1): 32-40. [https://doi.org/10.3126/ije.v3i1.9940].
  4. Bundit A, Ostlie M, Prom-U-Thai C. Sunn hemp (Crotalaria juncea) weed suppression and allelopathy at different timings. Biocontrol Sci Technol. 2021: 31(7): 694-674. [https://doi.org/10.1080/09583157.2021.1881446].
  5. Carvalho MAC, Yamashita OM, Silva AF. Cultivares de alface em diferentes ambientes de cultivo e adubos orgânicos no Norte Mato-grossense. Rev Multitemas. 2014; 45: 47-59. [https://www.multitemas.ucdb.br/multitemas/article/view/232].
  6. Brasil, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para análise de sementes. 2009. Secretaria de Defesa Agropecuária. Brasília: MAPA/ACS. 395p. [https://www.gov.br/agricultura/pt-br/assuntos/insumos-agropecuarios/arquivos-publicacoes-insumos/2946_regras_analise__sementes.pdf].
  7. Maguire JD. Speeds of germination-aid selection and evaluation for seedling emergence and vigor. Crop Sci. 1962; 2: 176-177. [https://doi.org/10.2135/cropsci1962.0011183X000200020033x]
  8. Nakagawa J. Testes de vigor baseados no desempenho das plântulas. In: Krzyzanowski FC, Vieira RD, França Neto JB. (Ed.). Vigor de sementes: conceitos e testes. Londrina: ABRATES.1999. p.2.1-2.24.
  9. Nunes JVD, Melo D, Nobrega LHP, Loures NTP, Sosa DEF. Atividade alelopática de extratos de plantas de cobertura sobre soja, pepino e alface. Rev Caatinga. 2014; 27(1): 122 -130. [https://periodicos.ufersa.edu.br/index.php/caatinga/article/view/2990/pdf_94].
  10. Cruz-Silva CTA, Matiazzo EB, Pacheco PF, Nobrega LHP. Allelopathy of Crotalaria juncea L. aqueous extracts on germination and initial development of maize. Idesia. 2015; 33: 27-32. [http://dx.doi.org/10.4067/S0718-34292015000100003].
  11. Javaid MM, Bhan M, Johnson JV, Rathinasabapathi B, Chase C. Biological and chemical characterizations of allelopathic potential of diverse accessions of the cover crop Sunn Hemp. J Am Soc Hortic Sci. 2021; 140(6): 532-541. [https://doi.org/10.21273/JASHS.140.6.532].
  12. Besançon BT, Wasacz MH, Heckman JR. Weed Suppression, Nitrogen Availability, and Cabbage Production Following Sunn Hemp or Sorghum-sudangrass. Hortttechnology. 2021: 31(4): 439-447. [https://doi.org/10.21273/HORTTECH04811-21].
  13. Pilbeam DJ, Bell EA. A reappraisal of the free amino acids in seeds of Crotalaria juncea (Leguminosae). Phytochemistry. 1979; 18(2): 320-321. [https://doi.org/10.1016/0031-9422(79)80081-3].
  14. Xiang J, Apeah-Bah FB, Ndolo VU, Katundu MC, Beta T. Profile of phenolic compounds and antioxidant activity of finger millet varieties. Food Chem. 2019; 275(1): 361-368. [https://doi.org/10.1016/j.foodchem.2018.09.120].
  15. Devi SR, Prasad MNR. Effect of ferulic acid on growth and hydrolytic enzyme activities of germinating maize seeds. J Chem Ecol. 1992; 17(11): 1981-1190. [https://link.springer.com/content/pdf/10.1007/BF00981921.pdf].

Downloads

Não há dados estatísticos.